Search

A jornada do agro tradicional ao agro regenerativo

Agroflorestas, bioeconomia da floresta e agricultura orgânica: conheça os segmentos que tornam o agronegócio sustentável e regenerativo

Responsável por mais de 25% do PIB em 2020, o agronegócio é o grande motor do desenvolvimento econômico brasileiro. Um setor moderno que gera empregos e riqueza. E que, junto a outros setores, tem o potencial de tornar o Brasil protagonista do desenvolvimento sustentável global, aliando resultados econômicos à preservação e regeneração do meio-ambiente.

Para alcançar essa meta, é importante que o agronegócio como um todo se torne sustentável. Uma parte significativa dos produtores já dá o exemplo ao adotar processos ambientalmente corretos. Outros podem tomar o mesmo caminho.

O Agroreset advoga que a conversão do agronegócio tradicional para o agronegócio sustentável seja focada nos três segmentos representados em nosso logo:

Entenda o que isso significa:

Bioeconomia florestal

É um meio de industrializar os ativos naturais da floresta por meio de um extrativismo ecológico. O conceito surge da própria cultura e do conhecimento tradicional dos povos ribeirinhos e indígenas da Amazônia, que desde sempre aproveitam o que a floresta oferece sem destruí-la. 

Aproveita esses ativos naturais para a produção de alimentos, medicamentos, produtos de base biológica para as mais diversas indústrias e bioenergia. Ativos que incluem desde o açaí até os princípios ativos das plantas, essências para a indústria cosmética, produtos e serviços por meio da biomimética e créditos de carbono.

Agrofloresta regenerativa

Conceito também conhecido como Sistemas Agroflorestais (SAFs), as agroflorestas integram os componentes florestal e agrícola ao combinar o cultivo de uma grande diversidade de alimentos em meio a árvores frutíferas ou madeireiras. Em alguns casos, integram também a criação de animais.

Ao imitar ao máximo possível o funcionamento de uma floresta nativa, a agrofloresta se torna um ciclo fechado e resiliente e não precisa de externalidades, como irrigação, agrotóxicos e fertilizantes. O próprio ciclo biológico dela a mantém, como acontece na natureza. Isso permite manter a resiliência do solo, em vez de esgotá-lo e empobrecê-lo. São ideais para recuperar terras já degradadas pela agricultura tradicional, o desmatamento e a erosão.

Sistemas orgânicos (agricultura orgânica)

A agricultura orgânica é uma evolução da agricultura tradicional, no sentido de que se compromete com a sanidade da produção de alimentos, a saúde do consumidor, a conservação e resiliência do solo e restauração e manutenção da biodiversidade.

Seu principal diferencial é a ausência do uso de agrotóxicos e fertilizantes químicos. Em vez disso, utiliza fertilizantes naturais, adubo orgânico, além de manejo de vegetação nativa, rotatividade de culturas, uso racional de água, entre outras técnicas que proporcionam sustentabilidade à produção e tornam o solo resiliente, sem esgotar os seus recursos.

Pode ser considerada o meio do caminho entre a agricultura tradicional e as agroflorestas regenerativas.

Combinados, esses três segmentos representam a jornada do agronegócio tradicional para o sustentável e regenerativo.

Acompanhe nossa cobertura jornalística para se aprofundar nestes temas e entender a sua importância estratégica para o protagonismo do Brasil na bioeconomia.

Compartilhe:

Outros conteúdos:

agroRESET logo transparente

O AGRORESET é uma empresa “solution provider” para o agro ESG e para a Bioeconomia, com três anos de experiência e forte entrada corporativa e comercial nesses segmentos. Seja unindo interesses entre proprietários, investidores e desenvolvedores de projetos para a geração de créditos de carbono, seja na articulação para a entrada de novos players e clientes nesses mercados, contruímos um caminho de negócios sólido e prolífico, com relações públicas, assessoria, redes e conteúdos especiais, ao lado dos melhores especialistas e do nosso backoffice de inteligência&integridade (I&I).

Nos acompanhe nas mídias sociais

Entre em contato



    Desenvolvido por TUPI Marketing Digital.